Goiás Online

Temer: reforma trabalhista,gravação e vitória na Câmara

O Senado aprovou, dia 11 de julho, a reforma trabalhista proposta pelo governo de Michel Temer. O texto-base do Projeto de Lei da Câmara foi aprovado por 50 votos favoráveis, 26 contrários e uma abstenção.

O STF divulgou dia 18 de maio os áudios da gravação feita por Joesley Batista, no Palácio do Jaburu, que envolve Michel Temer (PMDB), nos quais o presidente concorda com ajuda financeira para “calar” o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Deputados aprovaram, dia 2 de agosto, por 263 a 227 relatório que recomendou ao plenário a rejeição da denúncia de corrupção passiva da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.

No dia 25 de agosto, a Câmara, por 251 votos a 233, rejeitou duas denúncias feitas pela PGR – obstrução da justiça e organização criminosa – contra o presidente Michel Temer.

Related Articles

Close