Estado

Contrato de R$ 380 milhões para obras de Saneamento em três cidades é assinado

Investimentos serão utilizados na construção do projeto Linhão, do Sistema Mauro Borges

O governador Marconi Perillo e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, com a presença do prefeito Gustavo Mendanha, assinaram na última sexta-feira, em Brasília, contrato de investimentos de R$ 380 milhões para a realização de obras de saneamento em Anápolis, Goiânia e Aparecida de Goiânia. O convênio foi firmado entre os governos federal e estadual, por meio da Saneago e a Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) e o Ministério das Cidades e a Caixa.

Dos R$ 380 milhões, R$ 264,6 milhões serão aplicados na ampliação do Sistema de Água de Aparecida de Goiânia, por meio da integração com Goiânia, a partir do Sistema Produtor João Leite, com o Sistema Meia Ponte – o Projeto Linhão. Com esse empreendimento, a previsão é que Aparecida de Goiânia seja totalmente abastecida pelo novo Sistema Mauro Borges (João Leite) substituindo gradativamente o sistema Lajes e demais existentes, além de abastecer as regiões atualmente não atendidas, viabilizando a universalização dos serviços.

Para Anápolis, estão reservados R$ 114 milhões, que serão empregados na ampliação, melhoria e reestruturação do Sistema de Abastecimento de Água do município, compreendendo a extensão das captações Piancó I e II, implantação de novo módulo de tratamento para a ETA Anápolis (incremento de 400 litros por segundo), centros de reservação, elevatórias de água tratada e remodulação e ampliação de redes de distribuição.

As obras serão executadas em 24 meses e, após os procedimentos de licitação e contratação, a previsão é de que comecem até 1.º de agosto de 2018. Os recursos são oriundos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e serão destinados por meio do programa Saneamento Para Todos, do Ministério das Cidades.

 

Related Articles

Close