Cidades

Qualificação e encaminhamento ao mercado

Secretaria do Trabalho garantiu mais de 100 mil carteiras assinadas em 2017

Os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados no final do mês de novembro, revelam que, em média, 12,7 milhões de pessoas em todo o País ainda estão desempregadas. Isso mostra uma leve queda mês a mês, mas o índice ainda é o maior da série histórica iniciada em 2012 para o período de agosto a outubro.

Por esta razão, a Secretaria de Trabalho de Aparecida de Goiânia intensifica quatro frentes para impulsionar as chances de empregabilidade no município: economia solidária, sines municipais, qualificação nos bairros e a nova campanha “Chega de acidentes no trabalho’’, que orienta o trabalhador e os empresários, a fim de evitar qualquer dano físico aos colaboradores durante a jornada de trabalho. Com isso, segundo informações da pasta, o número é, em média, de 110 mil carteiras assinadas na cidade em 2017.

Segundo dados obtidos pela secretaria, em oito anos o número de empresas ativas subiu de 6,4 mil para mais de 40 mil. Hoje Aparecida é referência como cidade industrial. Dados recentes mostram que, além dos mais de 100 mil trabalhadores de carteira assinada, o número de informais é grande.

“A crise e o desemprego afligiram o País este ano, mas Aparecida tem registrado baixos índices de pessoas sem trabalho ou no trabalho informal. No início do ano passado, estávamos com 98 mil pessoas com carteira assinada e este ano chegamos a 110 mil”, comentou o titular da pasta, Adriano Montovani.

 

Qualificação

O Projeto de Qualificação nos Bairros é um dos mais importantes, segundo a secretaria. Em 2017 foram inauguradas três salas. A primeira, no Setor Nova Cidade; a segunda, no Bairro Cidade Vera Cruz II, e a terceira, no Fórum de Aparecida (Setor Araguaia). Nestas são realizados cursos gratuitos de informática, segurança do trabalho, logística, educação ambiental, tecnologia da comunicação, e, inclusive, foi feita uma parceria com o Sesi Aparecida, na qual 26 servidores da pasta fizeram um treinamento para se capacitar. Além disso, são feitas parcerias na comunidade e mais.

“Temos sido procurados por presidentes de associações, vereadores, lideranças comunitárias e religiosas, que pedem para implantarmos o projeto em seus bairros. Começamos ofertando cinco cursos e a nossa meta é de dobrar esse número em 2018”, contou.

 

Sine

Atualmente Aparecida tem três unidades do Sine, localizadas nos setores Garavelo, Cidade Livre (na Casa do Empreendedor) e no Bairro Santa Luzia. Em breve será inaugurada a unidade referência da instituição no Aparecida Shopping, que teve iniciativa de parceria da prefeitura com o governo do Estado, Vapt Vupt e o centro de compras. “A previsão de inauguração desta nova unidade do Sine Municipal é para o final do mês de janeiro de 2018.”

 

Related Articles

Close